Loja Virtual:

Jipeiros On-Line:

Nenhum

Agenda de eventos:

<<  Junho 2018  >>
 Dom  Seg  Ter  Qua  Qui  Sex  Sáb 
       1  2
  3  4  5  6  7  8  9
10111213141516
17181920212223
24252627282930
mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterHoje36
mod_vvisit_counterOntem1041
mod_vvisit_counterEsta Semana7901
mod_vvisit_counterSemana Passada14850
mod_vvisit_counterEste Mês42544
mod_vvisit_counterMês passado59253
mod_vvisit_counterTotal7112850

Visitantes: 7
Seu IP: 54.145.103.69
,
Horário: 01:30 21/06/2018
Veículos Off-Road
Nova Defender em 2015 PDF Imprimir E-mail
Veículos Off-Road
Escrito por Daniel Oliveira   
Sex, 02 de Setembro de 2011 00:14
Recentemente, a LR fez uma atualização do Defender, com novo motor  2,2l Diesel, mas isso é apenas um patch. Land Rover quer uma nova versão do Defender em 2015, mais moderno e que venda, ao contrário das versões Defender atuais que são apreciadas por alguns entusiastas da marca.
Um protótipo do novo Land Rover é chamado DC100, e traz uma idéia de qual caminho a LR vai seguir. Como diz o designer Gerry McGovern, "substituir o icônico Defender é um dos maiores desafios globais de design automotivo." Como substituir um clássico sem matar a essência que o torna famoso?
O DC100 será revelado no Salão Automóvel de Frankfurt e teremos mais informações sobre ele. O Defender tenta demonstrar que se pode continuar a ser a mais dura 4 x 4, sem implicar a ser feita de ângulos retos e praças, de forma totalmente desatualizado.
Por que mudar o Defender? Porque de tantas décadas e pesava, e precisamos dele mais atraente. Agora, o defensor é vendido em volumes baixos, mas para justificar sua fabricação: as ONGs, as forças armadas, os agricultores ... Se fosse apenas renovado, acabará por ser eliminado da carteira não será rentável.
Por que a necessidade de modernizar o Defender? Porque não é um veículo comercial, tirando algumas vendas corporativas e alguns aficionados da marca as vendas não cobrem os custos de produção pela escala. Então a renovação era necessária, ou a extinção era eminente. Para manter a sua capacidade off-road que o tornam tão famoso, porém mais atraente para as pessoas que estão utilizando esse veículos mais no asfalto que no off road e que compram o suficiente para manter uma linha de produção é que o Defender precisa ser reinventado.
 
DEFENDER TERÁ NOVO MOTOR PDF Imprimir E-mail
Veículos Off-Road
Escrito por Daniel Oliveira   
Qua, 24 de Agosto de 2011 22:48
A marca britânica confirmou uma nova motorização para 2012 do Defender, para emissões mais eficientes.
 
O Land Rover Defender MY 2012 terá um motor Diesel de 2,2 litros com filtro de partículas, em conformidade com a norma Euro 5 para as emissões de CO2. Este motor, que substitui o anterior 2,4 litros, será mais ecológico.
 
Apesar de sua menor cilindrada e emissões mais reduzidas, o novo motor mantém os 122 cv e 36kgf.m do 2,4 litros. Os 0-100 km/h em 14,7 segundos; a velocidade máxima aumentou para 145 km/h e as emissões de CO2 cifram-se nos 266 g/km no Defender 90 e nos 295 g/km nos Defender 110 e 130.
 
A caixa de velocidades será a GFT MT 82 de seis velocidades, com força nas primeiras marchas e uma sexta para um cruzeiro suave e econômico.
 
Depois do restyling de 2007, as características técnicas do Defender voltam a ser revistas e este modelo passa a contar com quatro pacotes opcionais de acabamentos, "S", "SE", "Offroad" e "Leather Pack; jantes de liga leve com novo design; discos de freios ventilados; e três opções de limitação de velocidade para controle do consumo.
 
Jeep Wrangler 2012 PDF Imprimir E-mail
Veículos Off-Road
Escrito por Daniel Oliveira   
Qua, 24 de Agosto de 2011 22:41
O modelo 2012 do Jeep Wrangler acaba de ser anunciado pelo Grupo Chrysler LLC, com uma mudança significativa: o motor de 3,8 litros será substituído pelo 3,6 litro Pentastar. Aliás, esse motor 3.6l é o xodó da marca e está ingressando em praticamente todos os veículos, inclusive substituindo alguns V8.
 
"Jeep Wrangler, o veículo mais capaz e icônicos do mundo, tem um coração novo, mas mantém a mesma alma de 2011. Nosso novo motor V6 de 3,6 litros dá o Wrangler sempre capaz uma experiência de condução completamente nova, mais refinado em estrada, com mais poder de combustível, eficiência e torque ", disse o presidente e CEO da marca Jeep Chrysler Group LLC, Mike Manley .
 
De acordo com a montadora, o Jeep Wrangler 2012, equipado com o motor de 3.6 litros, 289 cavalos de potência que desenvolve e 36kgf.m de torque, superando o seu antecessor de 3.8l em 83cv e 3kgf.m de torque e acelerando 0-100 km / h (0-62 mph) em apenas 8,4 segundos, além de menos poluente e mais econômico. Ou seja, mais motor e menos consumo.
 
A transmissão também será nova, de cinco velocidades que substituí o modelo 2011MY de quatro velocidades usado atualmente. Com a primeira bem mais reduzida que o modelo anterior sua capacidade off road foi beneficiada, reduzindo a necessidade de marcha reduzida em alguns trechos, principalmente de areia. Fora o novo câmbio de 5 velocidades A/T o Wrangler também disponibiliza o câmbio se seis marchas manual.
 
O Jeep Wrangler 2012 os proprietários não terão tantos upgrades no visual, considerando o fato de que recebeu um facelift no ano passado, assim de diferencial o novo modelo só vai ficar na cor da carroceria hardtop e chamas para o Sahara e Rubicon. O motor será somente o modelo V6 3.6l, sem mais opções de motorização.
 
Lada Niva, jipe russo dos anos 1990, pode ser importado 0Km PDF Imprimir E-mail
Veículos Off-Road
Escrito por Daniel Oliveira   
Qua, 24 de Agosto de 2011 22:28
Gosta de lama e é fã do Lada Niva? Comemore, você pode ter um exemplar zero-quilômetro do jipinho russo, que deixou de ser importado oficialmente ao país em 1995. E, o melhor: em relação ao modelo antigo, o carro ganhou melhorias não apenas no motor, que agora atende às normas de emissão Euro 5, mas também em itens de conforto interno. Já a aparência pouco mudou em relação ao Niva que era vendido no mercado brasileiro na primeira metade dos anos 1990. Mas isso é de verdade? Como isso funciona?
 
É possível adquirir o carro por meio da importação direta de veículos para pessoas físicas. A empresa Bomer Veículos Ltda, importa o jipe russo no valor final para um Niva 1.7i: US$ 25.423,11, o que equivale a R$ 40.677 (dólar a R$ 1,60). Nesse valor estão inclusas todas as taxas de desembaraço aduaneiro e impostos, sendo que o único valor adicional seria o do frete -- o carro chega ao Brasil por meio do porto de Santos, litoral de São Paulo.
A oferta chamou a atenção, primeiramente por se tratar de um carro que conta com uma ampla (e saudosista) base de fãs no Brasil e em segundo lugar por trazer um veículo fabricado de projeto arcaico de um país com pouca -- e obscura -- tradição automotivas, embora seja cada vez mais alvo de olhares atentos dos gigantes mundiais. João Boteon, da Bomer Veículos, explicou que esse tipo de importação para pessoa física é vantajosa quando se trata de volumes pequenos de mercadorias. "Caso a importação fosse em pequenas quantidades e para pessoa jurídica, o custo de homologação do veículo tornaria sua venda inviável e acabaria com o atrativo do preço competitivo".
 
ALGO MUDOU?
O Lada Niva oferecido pela Bomer é um modelo 2011, equipado com um motor 1,7 litro a gasolina. Dotado de injeção eletrônica, ele rende 80 cavalos de potência a 5.000 rpm e tem torque de 12,9 kgfm a 4.000 rpm. As unidades trazidas pela empresa nesse regime de importação foram modificadas pela Lada -- marca da russa Autovaz -- e contam com freios e suspensões recalibrados, novo acabamento interior, espelhos retrovisores com comando interno, novas lanternas e cores diferentes.
 
BOM OU MAU NEGÓCIO?
Empresas como a Bomer Veículos atuam como assessorias para pessoas físicas que desejam importar carros diretamente do exterior, cuidando do desembaraço aduaneiro e do contato com as fabricantes no exterior. "É uma modalidade financeiramente interessante, inclusive para carros que são vendidos oficialmente no país. A economia no valor final fica entre 20% e 30%", afirma Boteon.
O problema é que, ao trazer um carro por essa modalidade, não há garantia -- mesmo que ele seja oficialmente vendido no país. O prazo para eventuais reparos também tende a ser maior, já que mesmo que essas assessorias auxiliem na importação de peças, a chegada dos componentes ao país tende a demorar. É uma equação que requer boas horas de ponderação da parte dos interessados.
 
L200 Triton SR poderá ser encomendada a partir de agosto. PDF Imprimir E-mail
Veículos Off-Road
Escrito por Daniel Oliveira   
Qua, 10 de Agosto de 2011 20:06
Com a experiência adquirida ao longo dos anos com os veículos 4x4 e o aprimoramento nas provas de rali, a Mitsubishi apresenta a nova L200 Triton SR.

Rally dos SertõesO sucesso nas provas do Mitsubishi Cup e a alta procura dos pilotos por um veículo robusto e com resistência, fez com que a Mitsubishi Motors desenvolvesse esse novo carro para as provas off-road.

Com base na plataforma do modelo L200 Triton RS, que foi projetado pela engenharia da Mitsubishi Motors do Brasil para as competições do Mitsubishi Cup, a Triton SR foi concebida para ser um carro resistente, com desempenho e segurança para o rali cross-country. O veículo é equipado com motor flex de seis cilindros e 24 válvulas.

Em 2010, a dupla Guilherme Spinelli e Youssef Haddad venceu o Rally dos Sertões com a primeira versão da Triton SR. Foi também a primeira vez que um carro movido a etanol ganhou a classificação geral de uma prova internacional de rali.
Para este ano, o veículo foi reestruturado e ganhou componentes diferenciados, o que possibilitará aos pilotos personalizarem seu carro de acordo com a necessidade, seja no tipo de câmbio, acabamento interno, entre outros opcionais.

No Sertões 2011 a dupla Reinaldo Varela e Eduardo Bampi usará a Triton SR no Rally dos Sertões 2011, correndo na categoria Pró Etanol. A prova, que larga nesta quarta-feira (10) em Goiânia (GO), é considerada a maior disputa do off-road nacional e a segunda maior do mundo. Com um percurso de mais de 4.000 quilômetros, os competidores passarão por cinco estados até a chegada em Fortaleza (CE) no dia 19.

A L200 Triton SR será vendida sob encomenda através de uma programação prévia de produção, com entrega das primeiras unidades a partir de outubro de 2011. Os pilotos poderão usar o carro em qualquer prova do Campeonato Brasileiro de Rali Cross-country, Rally dos Sertões e outras provas off-road.
 
Ficha Técnica -Triton SR
Categoria: Pró-etanol
Motor: 6 cilindros em V, 24 válvulas, 3500 cilindradas, SOHC
Potência: 247HP / 5200 rpm
Torque: 407 kgf.m / 4200 rpm
Tração: 4x4 integral
Comprimento: 4550 mm
Largura: 1925 mm
Altura: 1750 mm
Entre-eixos: 2960 mm
Altura livre do solo: 250 mm
Peso mínimo em ordem de marcha: 1800 kg
Tanque: 360 litros
Suspensão: Independente na dianteira e traseira com amortecedores Ohlins
 
RAV4 Elétrico nas ruas em 2012 PDF Imprimir E-mail
Veículos Off-Road
Escrito por Daniel Oliveira   
Dom, 24 de Julho de 2011 18:37

A Toyota mostrou o eléctrico RAV4 EV que desenvolveu em colaboração com a Tesla, e, em seguida, a empresa afirmou que planejava trazer o crossover elétricos para o mercado em 2012.

A Toyota confirmou, hoje, que o RAV4 EV definitivamente irá à venda em 2012, e que vai definitivamente ser vendido ao público em geral.

Ao revelar o RAV4 irá as ruas em 2012 a Toyota confirma que o caminho de cumprir o seu projeto de se tornar uma montadora 100% verde no mercado mundial. Além do começo dos veículos comercialmente elétricos, como o RAV4 4 seu irmão Scion IQ, que entram junto no mercado no próximo ano, a montadora já dispõe de uma gama em quase todo seu segmento de híbridos.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 7 de 34