Loja Virtual:

Jipeiros On-Line:

Nenhum

Agenda de eventos:

<<  Junho 2018  >>
 Dom  Seg  Ter  Qua  Qui  Sex  Sáb 
       1  2
  3  4  5  6  7  8  9
10111213141516
17181920212223
24252627282930
mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterHoje1903
mod_vvisit_counterOntem2312
mod_vvisit_counterEsta Semana4215
mod_vvisit_counterSemana Passada14850
mod_vvisit_counterEste Mês38858
mod_vvisit_counterMês passado59253
mod_vvisit_counterTotal7109164

Visitantes: 49
Seu IP: 54.196.42.146
,
Horário: 18:04 18/06/2018
Mundo Off-Road
Franceses Levam o Título na Final do XX Rally dos Sertões 2012 PDF Imprimir E-mail
Mundo Off-Road
Escrito por Daniel Oliveira   
Qui, 30 de Agosto de 2012 19:07
O sertão virou mar nesta terça-feira (28) na décima e última etapa do Rally dos Sertões 2012, na especial entre Iguatu e Fortaleza, no Ceará. Dez vezes campeão do Rally Dakar, o francês Stéphane Peterhansel conquistou um dos poucos títulos que restavam para a sua carreira multicampeã no cross country. O piloto e seu navegador, Jean-Paul Cottret, venceram a 20ª edição do Sertões a bordo do MINI ALL4 Racing. A dupla francesa adotou a cautela no último trecho cronometrado da competição e encerrou a 10ª etapa em quarto lugar. A vitória no dia ficou com a dupla brasileira formada pelo cearense Riamburgo Ximenes e pelo navegador potiguar Flavio França, companheiros dos franceses no X-Raid Team, pilotando um BMW X3. Eles completaram a especial de 103 quilômetros em 1h15min40s, superando os campeões do Sertões 2011, Guilherme Spinelli e Youssef Haddad, que garantiram o vice-campeonato deste ano com o Mitsubishi Lancer.

A dupla Peterhansel/Cottret venceu seis das 10 especiais do rali, que teve sua largada no dia 19 em São Luís, no Maranhão, e percorreu 4.840 quilômetros no total, em edição considerada a mais difícil e bela da história do maior rali do mundo disputado dentro de um único território. No acumulado, eles ficaram com o tempo de 26h06min53s. "Este foi um rali muito difícil e muito longo, mas que fez a diferença com uma variedade enorme de paisagens. Considero a primeira parte da competição como a mais difícil, pois tive de competir com o Spinelli, o que me fez correr alguns riscos que não esperava e acelerar mais", declarou Peterhansel. "Já na segunda parte, encontrei outro adversário que me forçou a continuar com esta postura agressiva, quando imaginava que poderia seguir mais tranquilo. O rali foi perfeito, pois o carro estava muito bem ajustado e meu navegador também é excelente. Foi um prazer enorme ter participado desta edição do Sertões. A hospitalidade do povo brasileiro também foi algo maravilhoso", elogiou o francês.
 
Os vice-campeões Spinelli/Haddad venceram duas etapas e ficaram 23s33s atrás dos franceses. "Quando ficamos sabendo que a dupla francesa viria, já sabíamos que eles seriam os favoritos, o que acontece em qualquer rali que disputam e que eles também seriam adversários muito duros", comentou Spinelli, tetracampeão do rali. "Fico muito feliz em ir para um rali e sabendo que teríamos grandes disputas. Saímos daqui com a sensação de dever cumprido e que a nossa participação, tanto minha como piloto e a do Youssef como navegador foi perfeita. O Lancer também se mostrou resistente e rápido, não apresentando qualquer tipo de problema durante todo o Sertões", concluiu. Ximenes e França também levaram duas especiais - as duas últimas - e ficaram a 1h02min47 da dupla campeã, encerrando o rali em terceiro lugar no geral. "O Sertões foi um rali duríssimo desde o primeiro dia, mas temos aqui uma referência, tanto de carro quanto de piloto, o Peterhansel em nível mundial e uma referência nacional, que é o Guilherme Spinelli. Eu até fiz uma brincadeira, dizendo que eles estavam trabalhando e eu estava de férias. Fomos bastante competitivos desde o começo e da metade da prova para cá, chegamos a surpreender o Peterhansel e o Guiga. Considero o Sertões deste ano como uma prova de sobrevivência da qual saímos vivos. Os primeiros lugares nas duas últimas etapas mostram que evoluímos mesmo sem termos treinado com o carro", finalizou o cearense.

Mais Campeões Na categoria Protótipos T1, entre os carros nacionais, a vitória foi de Fellipe Bibas e Emerson Cavassin (Protótipo Evoque Sertões by Promacchina), que terminaram em quarto no geral. Os vice-campeões na T1 foram Marcos Moraes e Fabio Pedroso, que encerraram o rali com o quinto lugar no geral com o protótipo T-Rex. Na Pró Brasil, o título foi para Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin (Mitsubishi L200 Proton). A dupla ficou em sétimo no geral. Em segundo lugar, ficou a dupla Mauro Guedes/Neurivan Calado (Mitsubishi L200 Proton). Jorge Wagenfuhr Junior e Marcos Panstein, com uma Mitsubishi L200 RS, levaram o Sertões na categoria Super Production, seguidos por João Coelho/Bruno Lima (Mitsubishi L200 RS). Na Production T2, Paulo Cesar Bertolini e Anderson Bertolini foram os campeões (Troller). Glaucio Vanderlinde/Idali Bosse ficaram com o vice (Mitsubishi TR4). A 20ª edição do Rally dos Sertões tem o patrocínio master do Governo do Maranhão e Mitsubishi Motors; patrocínio Honda Motos, Cemar e Governo do Estado do Ceará; apoios Uracer, São Luís Shopping, Hotel Luzeiros, Volare e Tmar; organização Dunas Race; supervisão Confederação Brasileira de Automobilismo e Confederação Brasileira de Motociclismo.
 
Revista 4x4 & Cia: Agosto/2012 PDF Imprimir E-mail
Mundo Off-Road
Escrito por Daniel Oliveira   
Qui, 30 de Agosto de 2012 19:04

 
II Etapa Rally Sertões 2012 PDF Imprimir E-mail
Mundo Off-Road
Escrito por Daniel Oliveira   
Sex, 24 de Agosto de 2012 11:44

Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE MicrosoftInternetExplorer4

 

LOGIN

 

COLABORADOR

MAICON FABRICIO PELUFE TEIXEIRA

MATRICULA

56001052

EMPRESA

CONSULNAV

FUNÇÃO

PROJETISTA

PROJETO

P58

ADMISSÃO

27/02/2012

CENTRO DE CUSTO

GERENCIA / COORDENACAO

 
Prólogo do Rally dos Sertões 2012 PDF Imprimir E-mail
Mundo Off-Road
Escrito por Daniel Oliveira   
Seg, 20 de Agosto de 2012 13:56

Vídeo da prova que definiu o grid do Super Prime. Créditos: José Gadé www.rallybr.com.br

 
1ª Etapa do Rally dos Sertões 2012 PDF Imprimir E-mail
Mundo Off-Road
Escrito por Daniel Oliveira   
Seg, 20 de Agosto de 2012 13:50

Imagens da 1ª etapa do 20º Rally dos Sertões entre São Luis e Barreirinhas no Maranhão.



Clique na imagem para fazer o Donwload...
Felipe Zanol lidera

nas motos


 Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Vitória maranhense

nos quadriciclos


 Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Heronaldo e Guga

venceram nos UTVs


Clique na imagem para fazer o Donwload...
UTV de Najas pega fogo

no início da especial

 

 

Após vencer o Super Prime, mineiro é o mais rápido na especial de 176 km entre São Luís e Barreirinhas (MA). Nos quadriciclos, vitória maranhense com Luiz Tarquinio Cruz. Na nova categoria UTV, a conquista foi de Heronaldo Segundo/Guga Costa

A disputa da 1ª etapa da edição histórica de 20 anos do Rally dos Sertões, neste domingo (19), começou literalmente quente. Os 220 competidores partiram de São Luís, capital maranhense, rumo a Barreirinhas, no interior do Estado. Foram 134 km de deslocamento inicial, 176 km de especial e 55 km de deslocamento final, totalizando 365 km.


Na categoria motos, o mineiro Felipe Zanol (Honda CRF 450X) mostrou mais uma vez por que é o favorito. Depois de vencer o Super Prime, na noite de sábado (18), o piloto foi o mais veloz neste domingo, completando o trecho de especial em 02h43min44s3. 

Como previsto, os pilotos comentaram sobre as dificuldades do roteiro. "A etapa de abertura foi bastante cansativa e difícil, por conta da areia fofa, do forte calor e da navegação. Houve travessia em um rio bastante fundo e cheguei a me perder junto com outros pilotos. No final, diminuí o ritmo com medo de acabar a gasolina, já que o dia consumiu bastante combustível no solo arenoso", declarou Zanol, vice-campeão nas duas últimas edições do Sertões.

A categoria ainda teve Nielsem Bueno em segundo e Ike Klaumann em terceiro.

Nos quadriciclos, a vitória ficou com Luiz Traquinio Cruz, para a festa maranhense. O piloto da casa finalizou a especial em 3h14min09s5, seguido por Bento da Silva e Marcelo Medeiros. 

Já na categoria UTV, que estreia de forma experimental no Sertões deste ano, além da vitória de Heronaldo Segundo / Guga Costa (3h12min19s0), o dia ficou marcado pelo abandono de Robert Nahas/Nuno Fojo. O UTV da dupla pegou fogo no início da especial e só restou a gaiola. Felizmente, os pilotos não sofreram nenhum ferimento grave.

Nesta segunda (20), a caravana sertaneja segue até Bacabal, também no Maranhão. São 514 km no total (1 km - deslocamento inicial; 148 km - especial; 365 km final). A especial é praticamente 100% areia e haverá um trecho de 30 km com navegação por GPS nas dunas. A largada será às 7h45.

Os primeiros colocados na 1ª etapa (extra-oficial):
São Luís (MA) - Barreirinhas (MA) 
Deslocamento Inicial: 134 km
Trecho de Especial: 176 km
Deslocamento Final: 55 km
TOTAL: 365 km


 

 

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 6 de 97